PUBLICIDADE
Topo

Melhores de 2019: Performance ao vivo

Camila Monteiro

10/12/2019 16h12

Hoje a sequência de melhores de 2019 abre com as performances do ano que considerei mais marcantes. Por termos recém saído de duas das maiores premiações do kpop, muito conteúdo saiu do MMA e do MAMA, mas não esqueci de alguns excelentes comeback stages que tivemos, portanto o top 10 é um combinado de ambos.

#10 TXT – Breakdance no MMA 2019

O MMA foi a primeira grande premiação que TXT participou e eles debutaram com muita maestria, uma produção enorme – com 11 minutos – e um break dance de deixar qualquer grupo veterano impressionado.

#9 ATEEZ e seu comeback stage de Wonderland

Já falei aqui algumas vezes como ATEEZ é um grupo redondo, e que parece ter anos de carreira devido ao entrosamento e experiência que os membros transmitem. O stage de Wonderland foi um dos melhores que tivemos esse ano, tanto pela produção quanto pela dedicação do grupo no palco. Mingi no fim é inesquecível.

#8 Taemin e seu single japonês Famous

Depois de lançar o excelente álbum coreano WANT, Lee Taemin nos presenteou com outro disco incrível, agora em japonês, o Famous. Para quem não sabe, Taemin faz mais sucesso por lá do que na própria terra, portanto os melhores shows e consequentemente lives, são todas por lá. A coreografia. mais uma vez, é o centro de tudo. Quando Taemin começa a tremer, salve-se quem puder.

#7 O retorno de SUNMI com LALALAY

Difícil dizer o que foi mais incrível nesse comeback da Sunmi. A coreografia? A maquiagem? Os outfits? O carão que ela faz? Sunmi loira? São tantos momentos impactantes, que é mais fácil enaltecer o conjunto da obra e agradecer por vivermos na mesma época que ela.

#6 Recomeço de HyunA com Flower Shower

O mesmo pode ser dito de Kim HyunA – poder Wonder Girls sim – que finalmente está livre e fazendo o que mais gosta, sem amarras de empresas querendo decidir tudo por ela. Ver HyunA novamente no palco é um grande momento per se, mas vê-la dançando, contente, e sendo a performer excelente que ela é, torna tudo ainda melhor.

#5 Chung Ha em dose dupla

Como já deixei bastante explícito nas outras listas, considero 2019 um ano chave na carreira de Chung Ha, e ela confirmou isso em sua grande performance no MMA. O breakdance dela, preto e branco, com sua outra versão foi um dos melhores momentos da premiação e mostrou o domínio de palco enorme que ela tem.

#4 HwaSa emulando Coringa em Twit

Antes de passarmos pelo momento inesquecível – seja pro bem ou mal – de JYP e Mamamoo, fomos abençoados com uma performance bem Suicide Squad de Hwasa apresentando uma versão trap-rock do seu hit single Twit. Além de ela claramente emular o Coringa, tivemos máscaras, "sangue" e muito plástico compondo um visual bem Gen Z tiktoker.

#3 Introdução da Seventeen

Seventeen sempre apresenta performances muito acima da média, e dessa vez a introdução da soturna Fear foi mais além, e nos apresentou capas vermelhas, brilhos, Wonwoo comendo uma flor e obviamente, uma coreografia insana, pois estamos falando de Seventeen. Até hoje penso na pausa do Jeonghan com o Mingyu…

#2 Todo stage de Dionysus

Eu poderia escrever uma dissertação sobre o quão absurda foi essa performance de BTS no MMA, toda produção, transições, remixes e coreografias. Esse stage não foi apenas o melhor do ano, como provavelmente um dos melhores que já vi nos meus 30 anos de vida. E eu trabalho acompanhando e escrevendo sobre isso. A introdução com os solos de cada membro é sem dúvidas o destaque dos 37 minutos de performance, mas é preciso falar sobre o breakdance no fim de Dionysus, da Santa Ceia Bangtânica, do momento icônico Hopekook, de Namjin dançando muito, da transição dos membros "caindo" e outros subindo no palco. Tudo foi magistral e certamente ficará para sempre na memória de quem assistiu.

#1 Jimin e sua performance inesquecível de I need u

O #1 não poderia ter sido outro. Fiz um post específico só para esse momento aqui. E não existem palavras que possam definir a beleza de ver Park Jimin dançando ao som de I need u. Só dê play e perceba que Jimin é a lua, é vento, é água, é qualquer coisa que represente leveza e fluidez e que melhora a nossa vida. Falo com tranquilidade.

Sobre a autora

Camila Monteiro é jornalista e estudante de doutorado em música, mídia e fandoms. Ama cultura pop e é muito fã de Bangtan. Sua vida se divide em antes e depois que ela viu Park Jimin na sua frente.

Sobre o blog

Nesse espaço discutiremos o Universo Kpopper: fandoms, bandas, debuts, disbands, MVs, álbuns, tours, coreografias, Coréia e tudo que o K-Pop nos oferece. Entre visuals, rappers e vocalistas, ultimates e bias wrecker estabelecido(a)s, vamos refletir sobre as diferentes gerações do pop coreano, a influência na moda, beleza, cultura e como o K-pop muda a vida das pessoas.

KPop Pop Pop