Topo
K-Pop Pop Pop

K-Pop Pop Pop

7 performances icônicas do MAMA para você aguentar a votação

Camila Monteiro

25/10/2019 13h19

Ontem (24) começou a votação para um dos maiores prêmios da música asiática, o MAMA (MNET Asian Music Awards). A premiação existe desde 1999 e se chamava anteriormente MNET KM Music Festival. Depois de completar uma década, em 2009, o evento teve o nome alterado para o atual, além de passar a ser transmitido para outros países (China, Japão, Sudeste asiático). Apesar de importante, o MAMA é também bastante controverso, principalmente pelos critérios de votação e por frequentemente premiar grupos da casa (o canal é responsável por programas extremamente populares, como o Produce 101, de onde saem grupos que futuramente concorrem aos prêmios da empresa). Já houve uma série de conflitos entre MAMA e empresas grandes como SM (BoA, estrela do kpop old school já venceu e não foi a premiação por problemas envolvendo alta cúpula do kpop), assim como YG (como esquecer do momento icônico do G-DRAGON falando mal do MAMA no meio da performance na própria premiação?!). Os critérios de votação são realmente bastante questionáveis: vendas digitais representam 30%, vendas não digitais 10%, votação no site 20% e opinão dos jurados 40%. Esses números dão margem para uma série de discussões, principalmente o porquê de vendas físicas representarem tão pouco em uma indústria que é responsável por fazer as pessoas ainda comprarem CDs em uma era amplamente dominada por streamings (só os números de BTS já comprovam o sucesso absoluto das vendas físicas), ainda mais quando vemos que 40% do prêmio quem decide são os jurados.

Mesmo problemática, o MAMA é palco de grandes performances que se tornaram icônicas no kpop. É lá que podemos ver collabs entre idols de empresas diferentes e produções muito acima da média que transformam premiações ocidentais em reunião entre amigos.

A premiação distribui 3 prêmios principais, os chamados daesangs: Artista do Ano, Álbum do Ano e Música do Ano. Em 2018 eles criaram outro daesang chamado Ícones Mundiais e sim, foi um prêmio basicamente feito para dar para BTS já que a música do ano foi para as TWICE. Isso inclusive é mais uma das práticas que incomoda os fandoms, pois eles criam categorias para distribuir os prêmios e agradar todo mundo.

Para votar no MAMA basta criar uma conta em uma das redes sociais a seguir: Google, Twitter, Instagram, Tumblr, Facebook, NAVER, KAKAO, Line, Weibo ou We Chat. Cada conta pode votar apenas uma vez por dia, e você não precisa votar em todas as categorias, mas existem duas obrigatórias: artista do ano e música do ano (os daesangs). É possível também votar pelo twitter usando as hashtags #MAMAVOTE junto com a do seu grupo preferido: #MAMAVOTE #TWICE @JYPETWICE; #MAMAVOTE #BTS @BTS_twt, etc. A votação começou ontem, dia 24 e vai até o dia 3 de dezembro, um dia antes do premiação ir ao ar em Nagoya, Japão.

Abaixo reuni um compilado de performances icônicas do MAMA que merecem serem vistas, e boa sorte pra você que vota e está ciente de todo drama dos fandoms ou pra você que nunca ouviu falar da premiação até ler esse post:

  • BTS: Boy Meets Evil + Blood Sweat & Tears (2016)

Bangtan tem uma série de performances inesquecíveis mas MAMA 2016 ficará eternamente marcada pela introdução icônica com Jimin vendado e J-Hope dançando sincronizados um mashup de Lie e Boy Meets Evil.

  • SUNMI (com participação do Taemin): Gashina (2017)

Juntar Lee Sunmi e Lee Taemin no mesmo palco é por si só um sucesso, ainda mais quando os dois estão dançando um dos grandes hits da cantora, Gashina. Melhor do que isso só Sunmi aparecendo na performance de Move. A família Lee agradece.

  • G-DRAGON x TAEYANG: Good Boy + Fantastic Baby (2014)

Provavelmente o momento mais icônico de todas as premiações coreanas foi G-DRAGON falando mal do MAMA durante uma performance no próprio MAMA. Impossível ficar mais meta do que isso. Inception de shades.

  • EXO: Growl + Beauty and The Beast (2013)

Esse vídeo é um teste para as exol-s que há muito tempo não sabem o que é ver o grupo com sua formação completa. Toda performance é memorável, das atuações, passando pela coreografia e principalmente as transições. Ah o Luhan…

  • CL: Medley (2015)

CL é sem dúvidas a maior rapper que já surgiu no kpop e aqui nesse medley entendemos perfeitamente o porquê. Além de talentosa ela é extremamente carismática. A entrada das 2NE1 no maior estilo Kelly e Michelle se juntando a Beyoncé significa.

  • TAEMIN: Medley (2017)

Um Taemin não é o suficiente nessa lista pois estamos diante de um dos maiores performers da música pop. Veja o recibo dando play no vídeo abaixo:

  • BoA (com participação de Minhyun): Only One (2017)

Só podia fechar a lista com ela, a rainha do kpop, sempre a frente do seu tempo, BoA. Depois e vários dramas envolvendo SM/BoA/MAMA, finalmente tivemos uma performance ótima, com participação do Minhyun da NU'EST e ex-WannaOne (que não existe mais e a culpa é toda da MNET).

Sobre a autora

Camila Monteiro é jornalista e estudante de doutorado em música, mídia e fandoms. Ama cultura pop e é muito fã de Bangtan. Sua vida se divide em antes e depois que ela viu Park Jimin na sua frente.

Sobre o blog

Nesse espaço discutiremos o Universo Kpopper: fandoms, bandas, debuts, disbands, MVs, álbuns, tours, coreografias, Coréia e tudo que o K-Pop nos oferece. Entre visuals, rappers e vocalistas, ultimates e bias wrecker estabelecido(a)s, vamos refletir sobre as diferentes gerações do pop coreano, a influência na moda, beleza, cultura e como o K-pop muda a vida das pessoas.

KPop Pop Pop