Topo
K-Pop Pop Pop

K-Pop Pop Pop

Como foi comprar produtos BT21 pelo twitter

Camila Monteiro

29/08/2019 17h11

Resolvi fazer um post um pouco diferente hoje, contando como foi a minha experiência ao comprar merchan de BTS pelo twitter. Algumas pessoas me perguntam onde eu costumo comprar as minhas coisas e a verdade é que aqui na Inglaterra tudo é bastante facilitado com a Amazon Prime, onde os discos e alguns produtos como máscaras faciais, camisetas, chaveiros, copos e outros cacarecos, chegam no mesmo dia se comprados pela manhã. Além disso a rede de lojas de discos HMV abre cada vez mais espaço para o kpop e tem uma seção agora só deles. A mudança é enorme: em maio do ano passado eles não tinham absolutamente nada, meses depois quando Bangtan lançou Persona eles já tinham todo catálogo do grupo e agora além de terem todos os discos de BTS eles têm EXO, NCT, CHUNG HA, GFRIEND, GOT 7, entre outros, algo que me deixou bastante feliz pois o futuro é promissor. A loja também vende pôster de BT21, os personagens criados pelos membros de BTS.

Algumas compras eu fiz quando fui aos shows no fim do ano passado e em junho desse ano, incluindo a minha ida a loja temporária de BT21 em Londres que falei detalhadamente aqui. No entanto as melhores experiências que tive de compras de Bangtan foram diretamente com outras fãs do grupo. Seja no próprio show quando comprei kits feitos pelos fansites, com abanadores e adesivos, até lojinhas da Etsy (site de compras focado em produtos do-it-yourself, feitos por pequenos empreendedores). Semana passada mesmo adquiri uma camiseta 80s do Jungkook no 5th Muster, feita por duas amigas que conheci pelo twitter, a Charli e a Jen. Já havia comprado delas uma camiseta igual do Jimin, foi quando descobrimos não apenas que dividimos os mesmos bias não somente em BTS como também em Monsta X e Got7. E a coincidência não parou aí pois ao completar a compra com meu endereço, descobrimos que moramos na mesma cidade, o que facilitou não somente a entrega mas também o crescimento da nossa amizade (sofremos juntas por JK em Bring The Soul).

Como já relatei no post que fiz sobre minha ida a loja temporária de BT21 em Londres, adquirir produtos oficias da marca é uma tarefa bem mais complicada do que parece, não só por tudo ser consideravelmente caro mas também pelo acesso. Com o frete muito alto, todas as vezes que simulei compra em sites que revendem produtos oficiais, eu acabei desistindo da ideia.

É ai que entra Carola, uma menina que eu sigo há um tempo pois somos apreciadoras de Minjoon, Mini Moni, Park Jimin e Kim Namjoon. Há cerca de 10 dias ela comentou no twitter que a amiga dela tinha dado de aniversário para ela uma mood lamp (lâmpada que muda de cor conforme tu e o teu humor decidem, afinal existe um controle remoto) do Koya, personagem criado por Namjoon, mas que ela já tinha uma, portanto ela queria passar adiante. Além da lâmpada ela estava vendendo uma nova versão chamada egg, com os personagens em forma de ovo (é extremamente fofo e bom de abraçar, a gente até esquece que não é criança). No tuíte ela avisa que estava disposta a vender para alguém de Vienna (Áustria, país onde ela mora) mas que se alguém de fora quisesse, ela enviava, bastava pagar o frete internacional. Foi aí que enviei uma DM para ela perguntando detalhes e valores dos produtos.

Caro foi extremamente acessível, me mandou várias fotos e comprovantes e mais do que isso, me ofereceu outros produtos para vender, entre eles a almofada do Chimmy – personagem do Jimin – que eu tanto queria. Ela pediu para esperar uns dias porque ela precisava comprar uma caixa grande para enviar e em seguida fechamos o negócio, tudo de uma forma muito mais pessoal e, por mais brega que soe, com afeto. Conversamos sobre os shows, personagens de BT21 preferidos, produtos que investimos nosso dinheiro e outros tantos assuntos que só quem é fã entende. Dias depois ela me mandou fotos da caixa, eu fiz o pagamento por Paypal, ela me enviou comprovante que tinha mandado, me passou referência para ver por onde andava a encomenda e ontem os produtos chegaram, 3 dias antes do programado (sim, esse é um conceito que não existe no Brasil, infelizmente).

A experiência em si foi muito superior a qualquer compra feita pela Amazon ou sites de kpop que revendem produtos oficiais. E os valores também foram menores, principalmente o frete que era sempre o que me fazia desistir das compras. Acima temos a almofada tradicional do Chimmy, versão média, e abaixo temos Egg Koya, que é impossível parar de apertar.

Em Londres eu comprei um mini pôster do Koya com a mesma frase que vem na etiqueta abaixo pois é a maior verdade já dita sobre Kim Namjoon: Minha música te dará paz em noites insônes (Mono taí para comprovar isso).

O produto que eu estava mais ansiosa para adquirir, e que me fez falar com Carola, foi a mood lamp. Eu já tinha visto alguns vídeos mostrando e faz uns meses que eu venho me interessando cada vez mais por aromaterapia e cromoterapia. Depois de comprar difusores que mudam de cor e que me ajudaram a dormir melhor, eu sabia que precisava reunir o melhor dos meus dois mundos: BT21 e cores diversas me trazendo paz. Ontem usei pela primeira vez a lâmpada e ela funciona por usb na tomada. O controle remoto tem várias opções, não somente de cores diversas mas também para controlar a transição da luz. Existe modo piscante, suave e meio termo. Passei vários minutos entretida brincando com a lâmpada sim, não vou negar.

Todas as lâmpadas são fofas, e não apenas no sentido figurado, elas são literalmente macias e apertáveis, o que me surpreendeu pois um dos meu medos ao comprar é que ela fosse quebrar no meio do caminho. Além de protegida, eu diria que é praticamente impossível quebrá-la pois ela é mole e maleável, como se fosse um daqueles brinquedos de criança que fazem barulhos insuportáveis. E eu tive sorte pois queria justamente a lâmpada do Koya, e era a que ela estava vendendo.

E por fim mas não menos importante, temos mais um exemplo do porquê comprar com fãs é diferente: Caro me mandou uma série de photocards belíssimos, todos eles com a minha bias line (Jimin, Jungkook e Namjoon). Esses pequenos detalhes fazem toda a diferença e em tempos de extremo caos capitalista, essa atenção e cuidado chegam a melhorar o nosso dia.

Fiquei bastante contente com as minhas aquisições fandomzísticas, principalmente pelas ótimas experiências e trocas que eu tive, além é claro dos produtos fofos que eu não teria conseguido comprar de outro jeito. É importante criar e cultivar esses laços de amizade que surgem graças ao nosso amor por coisas em comum pois um universo de coisas muito fantásticas pode sair disso. Falo por experiência própria, por anos de estudo, e pelo meu status atual como fã, jornalista, pesquisadora e consumidora.

Sobre a autora

Camila Monteiro é jornalista e estudante de doutorado em música, mídia e fandoms. Ama cultura pop e é muito fã de Bangtan. Sua vida se divide em antes e depois que ela viu Park Jimin na sua frente.

Sobre o blog

Nesse espaço discutiremos o Universo Kpopper: fandoms, bandas, debuts, disbands, MVs, álbuns, tours, coreografias, Coréia e tudo que o K-Pop nos oferece. Entre visuals, rappers e vocalistas, ultimates e bias wrecker estabelecido(a)s, vamos refletir sobre as diferentes gerações do pop coreano, a influência na moda, beleza, cultura e como o K-pop muda a vida das pessoas.