PUBLICIDADE
Topo

K-Pop Pop Pop

Rewind: Skool Luv Affair

Camila Monteiro

28/03/2019 11h58

Já que Kim Namjoon e Persona nos fizeram revisitar Skool Luv Affair, último disco da trilogia escolar de BTS que conta também com 2 Cool 4 Skool e O!RUL8,2?, cá estou com uma lista de momentos que eu amo dessa era e que eu acho que mereciam mais amor:

  • Cypher pt 2: Triptych

Todos sabemos que as Cypher possuem um lugar especial no coração do fandom – e do Tae – e que Cypher pt 2 não é nem a primeira nem a segunda mais enaltecida porém Min Suga nos lembra que Triptych não merece ser esquecida por iniciar uma jornada de diss tracks sofisticadas e com versos sendo cantados na velocidade da luz. Acho particularmente highlight quando a rap line faz o Medley das Cyphers e tanto Namjoon quanto Hoseok param e ficam olhando pra Yoongi soltar pro mundo toda raiva dentro dele. Está no extenso hall de Grandes momentos Bangtan Sonyeondan.

 

  • Spine Breaker

Eu honestamente não sei o que eu mais gosto de Spine Breaker, se é a letra puxando a orelha de quem é encostado nos pais e faz eles "quebrarem a espinha dorsal" de tanto carregar peso nas costas, se é o fato de que eles mesmo gravaram o videoclipe no hotel (o behind the scenes deles gravando é sensacional) ou se é a música em si que é um grande jam old school, hip hop noventista. Spine Breaker é um conjunto de grandes acertos e merecia ter sido um grande hit. LALALALALALA

 

  • Miss Right

Miss Right não tá no original Skool Luv Affair mas veio toda fofa abrilhantar nossa vida no repackage lançado depois.  O que eu mais gosto – apesar de achar sim a letra cafoninha – é que desde o início Bangtan nos entrega vários tipos de músicas diferentes. Um dos maiores erros é classificar eles como k-pop e apenas k-pop. Poucos grupos têm um catálogo tão diverso como o deles, e a gente percebe isso não somente na trajetória deles nesses quase seis anos mas em um único álbum. Miss Right estar no mesmo disco que Cypher pt 2, Tomorrow e Jump define. Eu considero essa música um cobertor quente num dia frio. É um abraço de BTS.

 

  • Jump

É muito simples entender porque Jump está aqui. Basta ver o vídeo abaixo. Eu diria que de todos os vídeos é o que me dá mais saudades dessa fase "hip hop warriors" que BTS construiu tão bem. Jump é ode total ao fim dos anos 90/início de 00 e tem um arranjo insano. A coreografia como sempre faz a performance ficar ainda melhor mas o meu destaque é o fim, a partir do momento que Suga muda o tempo da música complementada pelo grito do Jimin e por todos berrando LET'S JUMP. Tudo funciona aqui. Um grande hino esquecido.

 

  • Like

Like e Miss Right são as primas do repackage de Skool Luv Affair, duas músicas que entraram pra dar um tom fim de tarde primaveril a uma trilogia repleta de músicas intensas marcadas por hip hop noventista, coreografia pesada, muitas roupas pretas – e lápis de olho também – e acessórios duvidosos. É até levemente engraçado ver o vídeo abaixo, onde eles parecem prontos para uma batalha de rap intensa e no fim o que recebemos é uma versão amena de Like, quase um voz e violão, com coreografia soft relembrando boybands antigas – Boyz II Men é o que vem a memória – e entoando PRETTY WOMAN. Like é uma excelente música para botar em playlist pros pais/amigos que viram a cara quando a gente tenta educar eles sobre Bangtan ou k-pop de forma geral.

 

  • Tomorrow 

Já falei anteriormente aqui sobre Tomorrow, pois não somente é um grande destaque dessa era escolar como é uma das minhas músicas e performances favoritas de BTS em todo o catálogo do grupo. Seja porque foi produzida por Yoongi ou pela coreografia acima da média – e a média BTS é altíssima – Tomorrow é para mim a melhor música de Skool Luv Affair e posso provar (veja o vídeo abaixo e entenda):

Boy in Luv (grande jam apesar de seus problemas) e Just one Day  não estão na lista pois ambas são exaltadas o suficiente e aqui resolvi colocar só os jams que considero esquecidos dessa fase de BTS.

 

Sobre a autora

Camila Monteiro é jornalista e estudante de doutorado em música, mídia e fandoms. Ama cultura pop e é muito fã de Bangtan. Sua vida se divide em antes e depois que ela viu Park Jimin na sua frente.

Sobre o blog

Nesse espaço discutiremos o Universo Kpopper: fandoms, bandas, debuts, disbands, MVs, álbuns, tours, coreografias, Coréia e tudo que o K-Pop nos oferece. Entre visuals, rappers e vocalistas, ultimates e bias wrecker estabelecido(a)s, vamos refletir sobre as diferentes gerações do pop coreano, a influência na moda, beleza, cultura e como o K-pop muda a vida das pessoas.

KPop Pop Pop